Entusiasmo é a inspiração de coisas importantes. Sem ele, nenhum homem deve ser temido; e com ele, nenhum homem deve ser desprezado. Christian Bovee

O brilho nos olhos!
Isi Golfetto
Ninguém nasce vencedor. Um campeão é fruto de treinamento... treinamento... muuuito treinamento. Da mesma maneira, ninguém nasce entusiasta. Ao contrário, fomos arrancados da zona de conforto onde vivíamos e chegamos a esse mundo chorando, esperneando, inseguros. Mas, bem depressa descobrimos que essas atitudes não nos levariam muito longe, muito menos à vitória.
Entusiasmo é a capacidade de acreditar que você é capaz
de fazer as coisas acontecerem independente de as condições serem favoráveis!
E, foi assim que fomos fazendo modificações aqui e ali em nossa programação mental. Percebemos que para transformar a nossa realidade precisávamos acreditar em nós mesmos. Descobrimos a importância do entusiasmo, os motivos para viver e agir com entusiasmo e, o mais importante... que ninguém com entusiasmo deve ser ignorado!
Como está o seu entusiasmo nas atividades que exerce, em tempos adversos, em seus relacionamentos? Se formos esperar por condições ideais para termos entusiasmo, como dizia a vovó... pode esperar sentada.
Precisamos reprogramar nossos pensamentos através de hábitos que desenvolvam o entusiasmo que é gerado dentro de nós. Vamos checar algumas características de uma pessoa entusiasmada.
Autoconfiança. A pessoa com entusiasmo acredita em si mesma. Confia nas suas decisões e não se abate diante dos desafios.
Determinação. Ela permanece firme em seu objetivo. Está condicionada a alcançar aquilo a que se propõe.
Disciplina. Ela aprendeu que nada cai do céu e sabe que o maior aliado da vitória é a disciplina, a dedicação diária, a persistência.
Superação. Ela possui uma grande capacidade de se reinventar. Condições desfavoráveis não a intimida. Seu foco está em ultrapassar limites e vencer.
Alegria. Faz parte da característica da pessoa com entusiasmo ser alegre e ter bom humor. Esses elementos a impulsionam em tempos adversos.
Serenidade. Ela busca incansavelmente cultivar a tranquilidade e a paz interior e expressa suavidade em suas ações mesmo diante de conflitos
Magnetismo. A pessoa com entusiasmo tem essa força da alma, esse poder interior que influencia o ambiente onde está. Ela exerce um fascínio sobre os demais de forma natural e espontânea. Através do seu carisma ela atrai para si a confiança e a admiração dos outros.
A resposta é sim... você e eu podemos nos tornar essa pessoa entusiasmada, que emprega emoção nas coisas que realiza e que tem o poder de mudar o mundo a sua volta. Quer ver como é fácil?
Convido você para fazer um teste simples e objetivo. O resultado você vai perceber ‘na hora’! Vamos lá?
1. Em frente ao espelho, diga: “Bom dia.” Mas, aquele 'bom dia', vamos dizer, com pouca expressão na voz. O que achou? De 1 a 5 que nota daria? (5, sendo a nota mais alta.)
2. Dessa vez, com um pouco mais de ênfase na voz e um leve sorriso, diga: “Boom Diaa”. Que tal? Notou alguma mudança? Qual a nota dessa vez?
3. Agora que as cordas vocais já foram aquecidas, o cabelo já foi ajeitado (e nós, mulheres retocamos o batom), só falta acender o rosto com aquele sorriso lindo que vai destacar o brilho no seu olhar e colocar aquela emoção especial na voz. Diga... BOOOM DIIIAAA! Percebeu a diferença!? Gostou do que viu e ouviu? Tenho certeza que outras pessoas também irão se encantar e lhe dar a nota máxima!
Treine. Treine muuuito o passo 3. Não há contraindicação. Quando você coloca paixão naquilo que faz as pessoas vão notar que há algo vibrante em você. Isso é entusiasmo! Isso é contagiante! 
Certa vez, um expert em vendas destacou em sua palestra que o entusiasmo é o traço mais importante de um bom vendedor, contanto que seja natural, sincero. Mesmo porque, nada soa tão artificial quanto o falso entusiasmo. Exibição as pessoas desconfiam.
Ao final da sua apresentação solicitou aos presentes que cumprimentassem o colega ao lado com um aperto de mão. Depois, enfatizou...
Sempre que apertar a mão de alguém coloque alguma coisa extra naquele aperto que faça a outra pessoa realmente acreditar que você está feliz em ter estado com ela!
Acredite na sua capacidade de fazer as coisas darem certo... de transformar a sua realidade... de influenciar beneficamente o ambiente onde se encontra e fascinar as pessoas com quem se relacionar. Principalmente coloque paixão naquilo que faz... na maneira como fala... na forma como escreve. Desperte ‘aquele’ bebê (da introdução do nosso artigo) que está aí dentro de você e acredite que vai conseguir... e eu sei que você vai!
UM BOOOM DIIIAAA!!! Muito bom estar em sua companhia!
Grande e forte abraço
Isi

Enquanto suspiramos por uma vida sem dificuldades devemos nos lembrar que o carvalho cresce forte através de ventos contrários e que os diamantes são formados sob pressão. Peter Marshall

A arte de manter o estado de paz!
Isi Golfetto
Sabe aquele momento em que a gente entra em ebulição... literalmente explodimos em virtude da pressão do momento... do calor de um desentendimento? Se a gente pudesse antever as consequências que o desgaste dessa discussão produziria, com certeza, iríamos deixar o assunto para lá ou agiríamos de outra maneira.
Paciência não é aguentar até não poder mais e explodir.
Paciência é a arte de se libertar de cargas emocionais dispensáveis
para manter o estado de paz!
Se você consegue manter seus ânimos serenos diante de situações conflitantes contando até 10... você está de parabéns! Você tem controle diante de situações de pressão e mantem a serenidade.
Mas, para nós, pobres mortais, que não conseguimos manter esse estado perene, na grande maioria das situações, há uma boa notícia - a técnica do Princípio 10/90 de Stephen Covey, autor do best-seller Os Sete Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes. Com essa técnica é possível adquirir o hábito de resistir aos ventos contrários com inteligência emocional e ter autocontrole nos momentos de grande pressão.
Segundo esse princípio apenas 10% dos acontecimentos da vida não dependem da pessoa. Os outros 90% estão relacionados a forma como a pessoa reage ao acontecimento.
O que isto quer dizer?
Que eu não tenho o controle sobre 10% do que me acontece - não posso impedir que chova no dia em que lavo o carro... não posso evitar que o meu voo atrase. Contudo, posso determinar como serão os outros 90% dessa história!
De que maneira?
Com a minha reação aos fatos ocorridos. A minha reação é que vai ditar como será o final desse episódio. Vamos explicar essa técnica utilizando um evento corriqueiro. 
Você está tomando o café da manhã com sua família. Sua filha, ao pegar a xícara, deixa respingar o café tanto no uniforme do colégio como em sua camisa. Você não tem controle sobre esse incidente (10%). O que acontecerá em seguida, sim... será determinado por sua reação ao fato (90%)!
Você se irrita, repreende severamente a menina e ela começa a chorar. Irritado você censura a esposa por ter colocado a xícara muito próxima à beirada da mesa. Diante dessa situação se instaura uma batalha verbal. Alterado e resmungando muito, você vai trocar de camisa e a menina a roupa do colégio. 
Como consequência a sua filha perde o ônibus escolar e chora copiosamente porque tem prova na primeira aula e não pode chegar atrasada.
Sua esposa sai contrariada para o trabalho sem falar com você.
Você já está em cima da hora para a reunião com a diretoria, mas tem que deixar a filha na escola, ampliando o roteiro até a sua empresa. Sendo assim, decide dirigir acima da velocidade permitida e é parado pelo guarda de trânsito. Depois de uns bons 15 minutos de uma discussão improdutiva, tentando justificar o injustificável, você sai de lá levando uma multa. Chegam na escola e sua filha, que ainda está chorando, desce do carro sem se despedir. Finalmente você chega ao estacionamento da empresa. Ao sair do carro percebe que esqueceu, em casa, a pasta que continha os documentos que a diretoria estava aguardando para assinar. 
Seu dia mal começou e parece que não há mais nada que possa piorá-lo. Você só deseja que esse dia acabe. Ao retornar do trabalho, no final do dia, encontra sua esposa e filha de mau humor, em silêncio e frias em relação a você e você ainda terá que resolver essa situação.
Agora, imagine se você tivesse a chance de voltar as horas e refazer essa história aplicando o Princípio 10/90... o seu dia seria assim...
O café respinga em sua camisa e na roupa da sua filha. A menina começa a chorar, mas você, gentilmente, a abraça e diz: Tudo bem, querida, você só precisa ter mais cuidado da próxima vez!
Rapidamente vocês trocam de roupa, você pega a sua pasta, volta para terminar o café com a esposa e filha e a menina consegue pegar o ônibus escolar a tempo. Ao sair para trabalhar a sua esposa lhe dá um beijo e diz que sente muito orgulho de você como marido e como pai. Notou a diferença?
Duas situações iguais (10%), com consequências muito diferentes. Por quê? Os 90% foram determinados por uma reação inteligente e de autocontrole.
Treine a sua mente para olhar o lado bom das situações. Você vai cultivar a paz interior e a harmonia estará ao seu alcance.
Se não criar a vida que você quer... provavelmente será forçado a viver uma vida que você não quer.
Que a serenidade e a harmonia cerquem a nossa vida a cada dia... 10/90... combinados?
Foi um grande prazer estar em sua companhia.
Forte abraço
Isi

Você é tão poderoso e forte quanto se permite ser. Robyn Davidson

Depois do inverno... a primavera!
Isi Golfetto
Aprendemos com a natureza que ela se repete com regularidade... ora frio, ora calor. Assim como na natureza, muitas coisas se repetem em nossa vida. Nem sempre tudo serão flores. Vamos passar por adversidades. Sendo assim é possível desenvolver habilidades e atitudes para estarmos no controle da situação quando surgirem.
Jamais perca seu equilíbrio por mais forte que seja o vento da tempestade.
Busque em seu interior o abrigo.
Há épocas em que o inverno é menos rigoroso, em outras é mais intenso e longo. Dependendo do lugar a estação vai produzir características bem diferentes.
O inverno tem sua beleza própria. Podemos admirar belas imagens das montanhas cobertas de neve, a neve caindo... fazer atividades específicas da estação... tomar refeições apropriadas... e nos vestirmos com mais elegância, porque até a vestimenta é mais charmosa... (há quem conteste, eu sei!)
Interessante que não reagimos contra a natureza, não questionamos os “por quês” das mudanças climáticas... sabemos que vai acontecer e nos preparamos para enfrentá-las.
Ninguém está livre de enfrentar seus próprios invernos. Desafios dos mais simples aos mais complexos... fases conturbadas desde o imprevisto na implantação de um projeto... como dificuldades no relacionamento pessoal... e infortúnios como a morte de um ente querido.
Independente da gravidade da situação, nossa reação será proporcional a nossa capacidade de superar aquele episódio. E essa capacidade está ligada a habilidades que foram desenvolvidas e praticadas em tempos de calmaria.
Como você reage quando algo ruim acontece ou quando você não tem o controle da situação?
Reclama e amaldiçoa seu destino.
Fecha-se em si mesmo e chora.
Avalia a situação e segue em frente.
Independente da alternativa escolhida haverá um resultado como consequência... podendo ser bom ou ruim.
As adversidades podem ser divididas em duas categorias: o que está sob o meu controle e o que não está. Situações externas não estão sob o meu controle... o meu controle interno - a minha escolha como reagir, sim. Portanto...
Olhar para fora de si mesmo irá permitir enxergar fatos que, em geral, não costumamos nos dar conta.
Ninguém é 100% feliz. Se ninguém é 100% feliz, 100% do tempo... logo, eu também não serei. A grande questão é... como reagir? Diante da adversidade há duas escolhas... se conformar com a situação ou enfrentá-la. Se a luta não vai valer a pena... você está optando por abrir mão da sua conquista!
Todo mundo passa por dificuldades. Se todo mundo enfrenta dificuldades... logo, eu também vou enfrentar alguma adversidade em algum momento (ou vários momentos) da minha vida. A questão aqui é... estou preparado? Determinação transforma grandes barreiras em pequenos obstáculos e constrói grandes vencedores. 
Todo mundo tem capacidade de superar as adversidades na vida. Se todo mundo tem dentro de si a capacidade de superar as adversidades, logo, eu tenho capacidade de lidar e superar as minhas. A questão é... que habilidades preciso desenvolver? Desafios são o que tornam a vida interessante, superá-los é o que faz a vida ter sentido.
Olhar para dentro de si mesmo. Tudo é uma questão de perspectiva, de sermos objetivos ao enfrentar as adversidades. Você pode descobrir, desenvolver e praticar habilidades e atitudes que estão aí dentro de você e que irão ajudar em tempos ruins, o autocontrole, a disciplina, a resiliência e a autoconfiança, uma virtude indispensável que vai provar que você é tão poderoso e forte quanto se permite ser. Como tudo na vida nada se conquista da noite para o dia. Vai lá... você consegue!
Prepare-se e mantenha a calma. Pratique estar no controle emocional em situações rotineiras... quando alguém o cortar no trânsito ou falar ríspido com você... encare como um treino para aprimorar o seu autocontrole. Assim, vai estar preparado para os dias em que a adversidade se mostrar implacável como um tsunami. 
Resistir à adversidade, negar a si mesmo a gravidade de uma situação ou repassar a culpa a outra pessoa de nada vai adiantar. Confiar que tudo vai dar certo é a melhor maneira de empregar a sua força.
Nem o mais rigoroso inverno é capaz de impedir a primavera de florescer novamente.
Que a primavera esteja sempre presente em seus dias.
Agradeço a sua companhia em todas as estações!
Um forte abraço.
Isi

As pessoas dizem que motivação não dura. Pois bem, nem o banho. É por isso que ele é recomendado diariamente. Zig Ziglar.

Faça a sua vida valer a pena!
Isi Golfetto
Ninguém é de ferro, nem motivado o tempo todo. Tempos ruins acontecem e somos afetados por eles. O lado ruim dessa história é que preocupados com a situação acabamos desmotivados e criando um cenário, por vezes, pior do que realmente é.
Nenhuma tempestade dura para sempre, nem os dias turbulentos. Continue firme,
siga em direção ao seu objetivo e você vai ver o sol brilhar. Isi Golfetto
O lado bom é que a desmotivação pode ser superada fazendo uma autoavaliação. Procure ouvir os seus sentimentos. Se questione... é assim que quero me sentir? Vale a pena todo esse desgaste? O que falta para eu estar motivado?
Para recuperar a motivação são necessárias algumas ações.
Analisar a situação. Mantenha o equilíbrio para poder enxergar o cenário com mais clareza. Se a situação estiver, de fato, ruim o próximo passo é começar a delinear um plano - o que fazer, como fazer... O que nos define é a forma como enfrentamos e levantamos após um período de árduos desafios.
Focar na solução, não no problema. É fundamental tirar o foco do problema e evitar os pensamentos desmotivadores. Liste uma série de ações que podem levá-lo a solucionar a questão. Decida o que é prioridade, coloque o foco nisso, supere cada etapa até alcançar o que deseja e passe para a próxima ação. A vida sempre conspira a favor e tende a nos levar pelo caminho onde mantemos o foco.
Manter-se motivado apesar de tudo. O que motiva você? Procure aspectos positivos em cada desafio. Eles podem servir para um recomeço, para reinventar novas formas de pensar, de agir, de encarar as adversidades. Obstáculos no caminho não são obstáculos... são o caminho!
Conta a lenda que um rei muito poderoso perdeu quase toda a sua riqueza em uma guerra.
Foram anos de batalhas onde muitos soldados perderam a vida e muito ouro foi consumido.
A guerra só acabou com a morte do rei inimigo, mas custou caro ao vencedor e ao seu povo.
O rei, querendo manter-se motivado em sua missão, chamou seus sábios e pediu que definissem um mantra para que ele pudesse refletir e repetir.
Certo dia, em um dos passeios pelos arredores do seu reinado, o rei teve sede. Pararam perto de uma casa bem simples, próxima a estrada. Um dos soldados foi até o local e um senhor bem sorridente o atendeu.
Logo o soldado voltou trazendo a água em uma caneca. O rei ficou impressionado com a limpeza do recipiente e com a pureza e o frescor da água.
Curioso, o rei resolveu entrar na casa e conhecer o seu morador. Ficou surpreso com a paz do local e notou que pequenas flores adornavam o ambiente. Interessou-se por saber mais a respeito do humilde senhor que começou a narrar a sua história.
O camponês contou ao rei que no passado tivera uma bela família. Era um alfaiate conceituado e com uma grande clientela. Chegou a ter bastante dinheiro e muitas posses, mas com o ataque de um rei muito poderoso naquela região perdeu tudo, chegando a mendigar pelas ruas não tendo onde morar nem o que comer.
Porém, sempre acreditava que iria conquistar a sua dignidade de volta, refazer a sua vida, até que certo dia encontrou aquela pequena casa a qual chamava de pedacinho do céu.
O rei perguntou como ele conseguiu encontrar forças para se erguer, continuar motivado e ser feliz em um lugar tão distante de tudo e viver com tanta simplicidade.
O homem, voltando-se para o rei, entregou uma tabuleta onde havia uma frase que o ajudou a passar pelos momentos mais sombrios, o mantinha motivado e o fazia lembrar de que é possível superar tudo na vida.
Ao ler o escrito o rei se surpreendeu. Lá estava a frase que tanto buscava e que os sábios não conseguiram encontrar...TUDO PASSA.
Não importa se a situação é boa ou ruim, não importam as cicatrizes que ficarem, o que importa é que esse momento passa. Olhe sempre para frente rumo a sua felicidade, na conquista do seu pedacinho do céu... porque nessa vida... tudo passa... mas você é eterno!
Se não fossem os momentos de adversidade não saberíamos o que é felicidade e nem conheceríamos o tamanho da força que possuímos para nos reerguer.
Quando ouço alguém reclamar que ‘a vida é dura’ fico sempre tentada a perguntar... comparado a que!?
Um dia a vida vai passar como um filme diante dos seus olhos... certifique-se de que vai valer a pena assistir! Faça a sua vida valer a pena!
Foi um prazer estar em sua companhia. E, não se esqueça... bom ou ruim... tudo passa!
Até nosso próximo encontro!
Um grande abraço
Isi
Blog Motivacional - http://batepapocomestilo.blogspot.com.br/
Página/textos e frases motivacionais - https://www.facebook.com/batepapocomestilo
Página /poemas, contoshttps://www.facebook.com/equilibrio.sentimental

Inspiração vem dos outros. Motivação vem de dentro.

O que inspira você?
Isi Golfetto
Uma das perguntas mais formuladas a um ator cujo desempenho é excepcional, a um escritor de bestsellers, a um artista que realizou a produção de obras majestosas, é... de onde vem a sua inspiração?
Inspiração é o que torna o seu caminho mais bonito.
Ela faz o seu sorriso brilhar... o seu coração vibrar... a sua vida mudar!
Certamente não há uma única definição a respeito desse sentimento que brota em nossa alma nas horas mais inesperadas e nos envolve de uma forma que não podemos definir em palavras.
Um texto de Lívio Callado, consultor e especialista em Marketing Pessoal e Etiqueta Empresarial, nos ajuda a compreender um pouco mais sobre o efeito da inspiração em nossa vida.
O que inspira você?
A inspiração é um dos momentos de total entrega. É acreditar nos três mundos que nos cercam: o físico, o mental e o espiritual que entram em total sintonia. 
Inspiração é um dos ingredientes para a realização pessoal e sucesso profissional. Toda pessoa que se diz inspirada tem facilidade em desenvolver, criar, solucionar determinados problemas, ser mais intuitivo, otimista, realizado e feliz.
Onde buscar inspiração?
Encontramos inspiração nas coisas que nos dão prazer.
Uma pessoa que você admira e proporciona momentos de companheirismo, de alegria, de prazer é uma pessoa que o inspira. Um esporte que lhe dá prazer é uma forma de transmitir inspiração, além dos benefícios físicos e psicológicos que ele traz. Um hobby como dançar, ler um bom livro, passear são fontes de inspiração que nos torna uma pessoa mais calma, tranquila e receptiva.
É possível se manter inspirado com uma rotina estressante? Como?
Há momentos em nossa vida que exigem concentração, autocontrole, amadurecimento emocional, otimismo, autoconfiança, perseverança e um acreditar constante naquilo que desenvolvemos, criamos ou fazemos.
O trabalho não pode virar rotina para não nos desanimar. O cansaço físico e o mental não podem consumir nossas energias e vibrações positivas.
Para manter um padrão de qualidade de vida pessoal, afetiva, familiar, social e profissional temos que buscar em nosso íntimo uma forma de motivação, algo que nos inspire. Inspirados, temos nossas forças recuperadas e nossas energias recarregadas.
Portanto, é preciso encontrar um meio de inspiração para canalizar as vibrações positivas e usá-las em seu benefício.
Inspiração é um sentimento de entusiasmo que provém de algo ou alguém que nos estimula a fazer algo com prazer.
Conta-se que um músico famoso estava na sala de espera de um hospital conversando com o médico que iria realizar o parto de sua esposa. Preocupado, o músico pediu ao médico que se empenhasse ao máximo na missão de trazer seu filho ao mundo.
O médico, generoso e gentil, expressou ao músico a sua admiração pelo seu talento e confessou que o seu sonho de infância era ter sido músico e não médico.
Logo o médico foi anunciado a comparecer na sala de cirurgia e retirou-se deixando o famoso músico sozinho e intrigado com aquela declaração.
O músico viveu momentos de tensão e preocupação na sala de espera. Ficaria tranquilo somente quando tivesse notícias do estado de saúde da esposa e do filho.
Assim que o bebê nasceu o médico veio ao seu encontro e disse:
Parabéns! O senhor é pai de uma linda garotinha. O bebê e a sua esposa passam bem!
Só, então, o músico pode respirar aliviado. Enquanto conversavam, um outro médico veio ao encontro daquele que realizara o parto e exclamou:
Doutor, tive a honra e o prazer de assistir o parto que o senhor realizou. Parabéns, e obrigado pela oportunidade!
Intrigado ao ouvir aquele elogio, o músico perguntou ao médico:
Se o seu sonho era ter sido um músico como eu, por que hoje o senhor é um médico tão reconhecido e admirado em sua profissão?
O médico, com ar tranquilo e sereno, respondeu ao músico:
Realmente, sinto um prazer enorme em exercer a minha profissão. É que todos os dias, pela manhã, vou até o piano em minha sala e toco Chopin por aproximadamente uma hora. Isso me deixa calmo e realizado, e serve como fonte de inspiração para o meu trabalho!
E para você, o que ou quem o inspira?
Seja qual for a sua atividade executivo, escritor, músico, palestrante, estudante ou pai, é muito provável que você vai encontrar pessoas que parecem ter um padrão de excelência no desempenho de suas funções que talvez você vai ter poucas chances de alcançar.
Ao contrário, elas estão ali como modelos para inspirar você e mostrar que com dedicação e esforço você tem  potencial para chegar lá e ter a chance de inspirar alguém.
*Abaixo links de História que Inspiram... sugestão de leituras para você se inspirar na vida de grandes homens e mulheres que fizeram da sua vida uma inspiração para a nossa. Boa leitura.
Sempre dê o seu melhor. Você nunca sabe a quem está inspirando.
Saber quem ou o que nos inspira influencia em nossa motivação. Isi Golfetto
É sempre um prazer estar em tão inspiradora companhia.
Um abraço especial
Isi
*Histórias que Inspiram. Boa leitura.
Fabergé e os Ovos de Páscoa Imperial. Fabergé, o maior joalheiro de todos os tempos.
A arte de ver o invisível. A visão de Irena Sandler que salvou a vida de 2500 crianças.
Mudar, mas mudar para melhor. Cora Coralina, um exemplo de coragem e persistência.
Respire fundo e recomece. Paganini, gênio no violino conduzido por sua genialidade.
Protagonista ou plateia? Dois gênios, dois destinos... Van Gogh e Renoir
Siga-me.