Você faz suas escolhas e suas escolhas fazem você. Steve Beckman

Somos nossas escolhas!
Isi Golfetto
O que fazemos, o que somos e o que temos são decididos através dos nossos pensamentos. Fazemos apenas o que pensamos que podemos fazer. Somos apenas o que pensamos que podemos ser. Temos apenas o que pensamos que podemos ter.  
Somos o resultado das nossas próprias escolhas.
Conseguimos sempre o que acreditamos.
Colhemos as próprias escolhas!
Se pararmos para avaliar a situação em que nos encontramos hoje, sem dúvida, vamos constatar que é o resultado das escolhas que fizemos no passado.
As escolhas estão sempre ligadas aos nossos desejos, conscientes ou não, e geralmente, são feitas com base em nossos interesses, crenças, princípios e valores.
Contudo, o maior problema que enfrentamos quando temos uma escolha a fazer, não está no obstáculo que podemos encontrar, mas em uma possível escolha da direção errada.
Essa possibilidade de fazermos uma escolha equivocada, em geral, nos deixa inseguros e dá margem a incertezas, dúvidas e uma inquietante sensação de medo.
Não é para menos, estamos enfrentando um dilema. Uma escolha que possa gerar resultados negativos em nosso futuro, em nossos projetos e sonhos. A possibilidade de haver mais fracassos que acertos.
Mas, viver é fazer escolhas todos os dias.
O importante é saber que existem alguns passos que podem nos guiar nesse processo para que ele seja menos doloroso e haja mais segurança e acertos possibilitando tomarmos a melhor decisão entre as escolhas mais adequadas para aquele cenário e momento.

Escolhas, como tomar a melhor decisão

Ter um objetivo claro dos motivos e do porquê você quer algo.

Ter a percepção de onde você está e a visão de um possível contexto e suas consequências. 

O que ou quem está envolvido nesse processo e quais os fatores emocionais que podem ser detectados nas pessoas envolvidas e em nós mesmos.

Buscar informações e orientações de pessoas especialistas no assunto. Porém, jamais se utilizar de uma alternativa apresentada por outra pessoa e nem permitir que outros decidam por você.

Escolher a melhor opção depois de avaliar e refletir sobre todas as possibilidades listadas.

Reflita e avalie sobre as escolhas que você tem feito em sua vida e qual o resultado obtido. Essas escolhas estão levando você para mais perto da realização de seus sonhos? Estão centradas em princípios? São derivadas de atitudes ponderadas e prudentes?

Somos os únicos responsáveis pelas escolhas que fazemos. Quando a minha escolha é consciente e firmada em propósitos que desenhei para aquela situação, nada pode me abalar. Quando não é, qualquer vento contrário pode me desestabilizar.

Portanto, invista tempo em se conhecer melhor, em fazer as avaliações e reflexões necessárias antes de tomar qualquer decisão.

Mas, e se os resultados não forem satisfatórios? E se as escolhas forem equivocadas?
Não se desanime. Fazer escolhas, como tudo na vida, é uma questão de aprendizado. Ninguém erra porque quer. Nem há como apagar um erro. O que existe são as chances de aprender a lidar com as consequências e escolher novos caminhos. Escolhas erradas também levam a lugares certos.
Quando encaramos a vida como se ela fosse uma escola vamos acumular mais sucesso em nosso currículo. Aprender é um processo diário que é alcançado através da disciplina, dedicação e persistência.
Além disso, aprender a escolher vai fazer com que você cresça no quesito responsabilidade. Quando você assume as suas decisões diminui o hábito de culpar o destino ou as outras pessoas por suas próprias falhas. Assim, você vai conquistando expertise em saber como decidir.
Convido você a assistir a um vídeo. São cenas avassaladoras em que as vidas de algumas pessoas estão em jogo. Onde tomar a decisão certa é a única opção entre a vida e a morte.
Início do ano de 2011 e o Tsunami que devastou o Japão. Um pai com suas duas crianças, perplexos diante daquele caos. Observar aquela devastação que arrastava a tudo e a todos, sem se mover, era a única decisão sensata. Ali, esse pai não tinha tempo para culpar o destino, a natureza, outras pessoas, ou quem quer que fosse. A única alternativa era manter a calma e aguardar que o melhor fosse acontecer.

As escolhas que você faz são construídas de maneira a te levar na direção que você quer. Você está onde quer ou está indo na direção oposta?  

Assuma o controle das suas escolhas. Não deixe que outra pessoa o faça por você, nem espere a chegada de um tsunami em sua vida para aprender.

Quando tudo ao seu redor parecer que vai desabar a prudência recomenda ter calma, tomar atitudes ponderadas e confiar que o melhor vai acontecer!
Todos os dias temos a chance de rever nossas escolhas. De tomar novas decisões. De recomeçar.
Um grande e forte abraço
Isi
Outros textos sobre ESCOLHAS & CONSEQUÊNCIAS. Boa leitura.
Perde-se o que nunca se teve.  Como minimizar os riscos de uma decisão equivocada.
Faça o que é certo, não o que é fácil. Como impactar positivamente a vida de alguém.
O peso que carregamos. Como aliviar a bagagem?
Escolhas & Consequências. Colhemos o que plantamos.
Vai ser feliz. Decida ser feliz.
Let go and it will flow. Viva as suas escolhas.
Me acompanhe nas Páginas do Facebook
Bate-papo com Estilo. Inspiração & Motivação - Reposição Diária de Energia
Equilíbrio Sentimental. Essência Feminina - Espaço Terapêutico da Mulher

Os anos enrugam o rosto, renunciar a um ideal enruga a alma. Albert Schweitzer

Aprecie a viagem... não há bilhete de volta!
Isi Golfetto 
Envelhecer ainda é a única maneira que se descobriu de viver muito tempo... além do que, é muito melhor que a outra opção! Sinta-se um privilegiado e recuse a ideia de se aposentar de si mesmo.
Envelhecer é um processo extraordinário
quando você se torna a pessoa que sempre deveria ter sido. 
Envelhecer é encontrar o lado bom das coisas...
Quando você enfrenta um problema que no momento parece sem solução, qual a sua reação?
Você está preparado para envelhecer? Se está nessa etapa da vida, como você a está enfrentando?
Nada mais certo na vida que a morte... e, se ela não bater à sua porta primeiro... a velhice vai. 
Aproveitar cada fase da vida e entender que já não somos mais os mesmos, pode ser a fórmula ideal para tornar mais suave a passagem do tempo.
Envelhecer, portanto, é o ato de sentir orgulho de si mesmo por tantos anos vividos!
Envelhecer, definitivamente, é uma arte. Está em suas mãos destacar a beleza dessa pintura tornando-a alegre e colorida ou uma tela cheia de borrões acinzentados onde se destacam os fantasmas que podem limitar a sua caminhada.
Quando uma pessoa atinge o auge da sua vida?
A BBC Future vasculhou a literatura médica para encontrar essa resposta. Ao analisar os dados descobriu que não existe um único auge, mas existem alguns aspectos do nosso corpo que se modificam em diferentes estágios ao longo da vida - da memória à sexualidade. Essas são apenas médias e, cada pessoa tem uma trajetória diferente.
 A grosso modo os dados apresentaram que o pico sexual ocorre ao redor dos 20 anos, o auge da forma física aos 30, a mental entre os 40 e 50 e a felicidade aos 60.
O envelhecimento, portanto, é um processo contínuo e não há como reverter. Investir em uma qualidade de vida, tanto física como emocional, tornará mais saudável e prazerosa cada etapa dessa viagem.
Sendo assim, siga em frente não levando em conta o tempo que ainda resta, mas como viver esse tempo apreciando cada paisagem.

Envelhecer é saber aproveitar esse tempo...
Mantenha-se ativo. É preciso ter objetivos, acreditar que há sonhos que podem ser realizados, conseguir espaço em alguma atividade de trabalho ou de lazer e tempo para amar e se dedicar a alguém.
Cuide da sua saúde. Se a saúde estiver boa, preserve-a. Se estiver instável, melhore-a. Se precisar de ajuda, peça. Mantenha hábitos saudáveis, faça exercícios físicos regulares para preservar as funções do organismo e aumentar a qualidade de vida física e emocional.
Continue aprendendo. A atitude mental é indispensável e tem um papel importante. Ao se ocupar ou aprender mais sobre o que dá prazer, faz com que as pessoas se sintam mais realizadas. Uma mente inativa é oficina do diabo e o nome dele é ALZHEIMER.
Cerque-se daquilo que ama. Família, amigos, animais de estimação, música, plantas, hobbies...
Perdas são inevitáveis e lágrimas fazem parte. As perdas de familiares, de amigos ou mesmo do trabalho são inevitáveis. São momentos de muita tristeza. Procure estar ao lado de pessoas amigas. E, sempre que precisar peça ajuda.
Diga às pessoas que você as ama em cada oportunidade que tiver.
Não viaje às suas culpas. Faça uma viagem ao shopping, à cidade mais próxima, a um outro país, mas jamais para onde você tiver enterrado as suas culpas.
Livre-se de todos os números não-essenciais. Isto inclui idade, peso e altura. Deixe os médicos se preocuparem com eles.
Mantenha apenas os amigos alegres. Os ranzinzas só deprimem.
Ria sempre! VIVA enquanto estiver vivo.
Aprecie as coisas simples. Viva com simplicidade... ame generosamente... fale gentilmente... importe-se profundamente. O resto... bem, como o nome já diz... o resto é descartável.
Não faça da sua velhice um pesadelo... poderá não ter tempo de sonhar.
Saber Envelhecer é um vídeo que complementa o nosso texto.
A jornada da vida não é chegar no túmulo em segurança, com um corpo bem preservado, mas sim escorregar para dentro meio de lado, totalmente gasto, berrando... QUE VIAGEM!!!
Aprecie a sua... não há bilhete de volta.
Bom demais estar em sua companhia!
Um abraço especial
Isi
Outros textos sobre SESSENTA OU MAIS. Boa leitura.
Tudo é uma questão de ótica. Você só retira da vida o que deposita.
Me acompanhe nas Páginas do Facebook
Bate-papo com Estilo. Inspiração & Motivação - Reposição Diária de Energia
Equilíbrio Sentimental. Essência Feminina - Espaço Terapêutico da Mulher


Não seja empurrado por seus problemas. Seja conduzido por seus sonhos.

Respire fundo e recomece!
Isi Golfetto
Toda vez que você diz que algo é difícil, que parece impossível de fazer ou de acontecer, você está colocando empecilhos para a sua concretização. A maneira como lidar com esses desafios será um fator determinante para você ser bem-sucedido.
Habilidade é o que você é capaz de fazer. Motivação determina o que
você faz. Atitude determina a qualidade do que você faz.  Lou Holtz
Só vai dar certo se você tentar mais uma vez... mais outra... e outra...
Quando você enfrenta um problema que no momento parece sem solução, qual a sua reação?
Que tal iniciar com uma atitude positiva a seu favor... respire! Em seguida, faça o que tiver que ser feito.
Sempre existem caminhos e possibilidades. Com paciência, calma e determinação você vai encontrar os meios necessários. Cada passo dado na direção ao seu objetivo fortalecerá a decisão de seguir em frente.
Porém, quando dizemos que algo é impossível, depois de algumas tentativas frustradas, realmente não estamos certos daquilo que queremos.
É preciso compromisso e ações para alcançar o resultado desejado. Não importa o quanto tenha que tentar ou reformular o objetivo a fim de adequá-lo à realidade... é preciso ir até o fim. E o fim significa chegar lá com sucesso.
Paganini, gênio conduzido por sua genialidade
Niccolò Paganini, compositor e violonista italiano, 1782 – 1840.
Precisamos sentir toda a emoção para fazer os outros se emocionarem.
Você já deve ter ouvido falar do virtuoso violinista italiano Paganini.
Pessoas, que tiveram a oportunidade de estar na audiência de alguns de seus consertos, diziam que a sua genialidade chegava a ser sobrenatural. As notas que saíam do seu violino pareciam mágicas. Ninguém na época podia, sequer, imaginar perder o privilégio de ouvi-lo tocar.
Conta-se que certa noite um auditório estava repleto de admiradores ansiosos pelo início da sua deslumbrante performance.
A orquestra e o maestro ao entrarem no palco foram ovacionados. Porém, ao surgir a figura de Paganini a plateia foi ao delírio.
Paganini colocou o violino no ombro e o que se ouvia ali era indescritível. Breves e semibreves, fusas e semifusas, colcheias e semicolcheias... cada nota parecia ter asas e voar.
De repente um som estranho!
Uma corda do violino de Paganini arrebenta.
A orquestra e o maestro param. A plateia atônita fica na expectativa do que poderia acontecer. Mas, Paganini, entorpecido pela música continua a apresentação sem dar importância ao episódio. Diante do fato os músicos voltam a tocar.
Mal o público retorna ao êxtase propiciado pelo show de Paganini a três cordas e outro som volta a assombrar os músicos e a plateia.
Nova corda se rompe. O suspense se instala entre todos os presentes.
Contudo, nada abala o mestre músico que continua a tocar com as duas cordas restantes, tirando sons do impossível e fazendo com que a orquestra e maestro se recomponham.
E, a plateia, mais admirada do que nunca se envolve outra vez com o som impressionante que Paganini conseguia tirar do violino com as cordas que restaram.
Mas, você já ouviu a frase... nada é tão ruim que não possa piorar!
De repente, da plateia ecoou um uníssono OOOHHHH!!! O inesperado aconteceu. A terceira corda se rompeu. O maestro para, a orquestra para e a respiração do público também. O silêncio é total.
Por um breve momento até Paganini parou. Verificou o que havia acontecido, respirou fundo, recolocou o violino no ombro e com todo o entusiasmo que podia ter anunciou ao público: Agora com vocês Uma corda e Paganini!
O maestro e a orquestra perplexos, sem acreditarem no que haviam acabado de escutar, mas inspirados diante da atitude do mestre, retornam imediatamente à partitura e dão o seu melhor.
Paganini com habilidade indescritível, determinação absoluta, disciplina incomparável e perfeição inimaginável termina o conserto tocando com uma corda só. 
O público parte do silencio para a euforia e da perplexidade para o delírio. Em pé, o aplaudem como jamais tivera sido. Paganini atingiu a glória e seu nome foi definitivamente escrito na história!
Quantas vezes você teve a nítida impressão de que corda após corda arrebentaram em sua vida. Qual foi a sua atitude? Como você reagiu... ficou parado? Perplexo? Travado? Revoltado? Reclamou? Ou respirou fundo e foi em busca da solução?
Avalie como as suas atitudes tem definido suas experiências e no dia da adversidade toque com habilidade, disciplina e determinação de um artista superior.
Sempre irá restar uma corda - a persistência. Desperte o Paganini que existe em você. Supere-se a cada dificuldade. Você será aplaudido pelas pessoas que estão ao seu redor e que te admiram.
E não esqueça... muitos estão observando a sua atitude nesses momentos para saberem como agir.
Quando os obstáculos parecerem insuperáveis não desista. Vai lá... respira fundo. Tenta mais uma vez, mais outra e mais uma...
Agradeço a sua virtuosa companhia.
Um grande e forte abraço.
Isi
Outros textos sobre VIDAS QUE INSPIRAM. Boa leitura.
A arte de ver o invisível.  Irena Sandler, modificando o rumo da história.
Protagonista ou plateia?  Van Gogh e Renoir... dois gênios, duas personalidades, dois destinos.
Mudar, mas mudar para melhor.  Cora Coralina... recriando a vida.
Obstáculos desafiam ou desmotivam você?  Beethoven... transformando limitações em aliadas.
Quem disse que é impossível?  Pasteur... o impossível é só uma questão de tentativas e tempo.
Reinvente-se... pense diferente.  Nobel... competência em se reinventar.
Fabergé e os Ovos de Páscoa Imperial.  Fabergé, o maior joalheiro de todos os tempos.
Impossible is nothing.  Hannibal, o maior estrategista militar de todos os tempos.
Me acompanhe nas Páginas do Facebook
Bate-papo com Estilo. Inspiração & Motivação - Reposição Diária de Energia
Equilíbrio Sentimental. Essência Feminina - Espaço Terapêutico da Mulher


Os obstáculos não podem te deter. Os problemas não podem te deter. Mais que tudo, outras pessoas não podem te deter. Somente você tem o poder de deter a si mesmo. Jeffrey Gitomer

Tire a venda dos olhos e o sonho da cabeça
Isi Golfetto
Para acertar o alvo é preciso enxergá-lo, saber qual o caminho que você quer seguir ou para onde não quer voltar. Descobrir aquilo que motiva os seus desejos e sonhos vai permitir que você os alcance e se mantenha alinhado com as suas ações.
O bom arqueiro acerta o alvo
antes mesmo de ter disparado a flecha.
Se você apontar para o nada... vai conseguir nada!
Conta-se que o yogue Raman era um mestre na arte do arco e flecha.
Certa manhã, ele convidou seu discípulo para assistir à demonstração do seu talento. Esse discípulo já havia presenciado a sua admirável atuação inúmeras vezes.
Foram para o bosque ao lado do mosteiro.
Ao chegarem diante de um belo carvalho, Raman pegou uma das flores que trazia em seu colar e como sempre fazia colocou a flor em um dos ramos da árvore.
Em seguida, abriu seu alforje, retirou seu magnífico arco de madeira preciosa, uma flecha e um lenço branco bordado com desenhos em lilás. Posicionou-se a uma distância de cem passos do local onde havia colocado a flor.
De frente para o seu alvo pediu que seu discípulo o vendasse com o lenço.
O discípulo fez o que o mestre ordenara.
Quantas vezes você já me viu praticar o nobre esporte de arco e flecha?
Inúmeras vezes, mestre. E sempre o vi acertar na rosa a uma distância de trezentos passos.
Com seus olhos vendados o yogue firmou os seus pés na terra, distendeu o arco com toda a sua energia apontando na direção da flor e disparou.
A flecha cortou o ar provocando um ruído agudo, mas nem sequer atingiu a árvore errando o alvo por uma distância constrangedora.
Acertei? perguntou Raman retirando a venda que cobria os seus olhos.
O senhor errou e por uma grande margem, respondeu o discípulo sem entender o que havia acontecido. Pensei que fosse me mostrar o poder do pensamento e sua capacidade de fazer mágicas!
Foi exatamente o que fiz. Eu lhe dei a lição mais importante sobre o poder do pensamento, respondeu Raman.
Quando desejar uma coisa concentre-se apenas nela. Ninguém jamais será capaz de atingir um alvo que não consegue ver.
Metas Intangíveis são invisíveis
Uma pessoa sem metas é como um barco sem bússola, em alto mar, no meio da tempestade. 
Permanecer com o seu sonho no campo da imaginação e do desejo é frustração. Sonhos são desejos invisíveis. Eles se tornam reais quando colocados em metas claras e específicas. Caso contrário correm o risco de virarem um mar de frustração e desânimo assim que encontram a dura realidade. Isso faz sentido para você? Traçar metas é trazer o invisível e o intangível para a realidade. 
Não definir metas realistas. Outro erro é definir metas distantes a ponto de parecerem inatingíveis. Independente de qual seja o tamanho do seu sonho as metas têm o poder de transformá-los em realidade. Para que isso aconteça é preciso ter metas palpáveis. Quanto mais realista e específica for a sua meta maior a possibilita de enxergar os obstáculos e planejar as soluções para superá-los e conquistar o que mais quer. 
Metas Tangíveis são realizadoras
Sonhos não se movem... são as metas realizadoras que os alcança. Isi Golfetto
Específicas - o que você quer e por qual motivo. A meta precisa ser clara, de forma que qualquer pessoa possa entender o que você quer.
Não basta apenas dizer - quero ser uma escritora de sucesso. Isso é vago. É preciso detalhar as razões... em que área deseja focar os temas, qual o público que quer atingir, o que quer transmitir. Os detalhes aumentam as chances de você conquistar exatamente o que quer.
Mensurável - a que distância você está do seu alvo. Medidas possibilitam você saber quanto já alcançou daquilo que quer e quanto ainda falta.
Não adianta dizer - preciso ler um livro de 400 páginas em uma semana. Para o seu objetivo ficar mais tangível faça o cálculo - dividida o número de páginas pelo tempo... ou seja, preciso ler 60 páginas por dia. Quando você tem consciência de onde se encontra é possível medir a que distância está do seu alvo. Poderá ter tempo para reprogramar e melhorar o seu desempenho se preciso for.
Temporal - quando você deve realizar. Definir a data de início e de término do seu projeto. Em nosso exemplo, estabelecer o melhor horário para essa leitura.
Manter um histórico das questões relevantes, o porquê, o como e o quando cumprir cada etapa permitem que você visualize os dados do seu progresso. Apontam se você continua no foco, se vai precisar aumentar a concentração de energia em determinada direção ou se haverá necessidade de mudar de estratégia.
E você, está acertando o seu alvo ou está errando de maneira constrangedora? O que te leva a pensar que fazendo as coisas sempre da mesma maneira vai produzir um resultado diferente?
Então, vai lá, tira a venda. Você vai ver que mudar a estratégia vai te levar a conquistar resultados diferentes.
Sucesso sempre!
Agradeço o privilégio de ter a sua companhia.
Um grande e forte abraço
Isi
Outros textos sobre SONHO & REALIZAÇÃO. Boa leitura.
Vai lá... você consegue!!! A conquista de um sonho começa por acreditar em si mesmo.
Sonhos tem preço? O preço de viver um sonho.
Como uma gota no mar. Nunca é tarde para viver um sonho.
Somos do tamanho dos nossos sonhos. As características de um sonhador.
Sonho é o que não deixa você dormir. Como tornar o seu sonho real.
Pequenas vitórias... Grandes conquistas...  Celebrando a conquista de um sonho.
Me acompanhe nas Páginas do Facebook
Bate-papo com Estilo. Inspiração & Motivação - Reposição Diária de Energia
Equilíbrio Sentimental. Essência Feminina - Espaço Terapêutico da Mulher