Enquanto suspiramos por uma vida sem dificuldades devemos nos lembrar que o carvalho cresce forte através de ventos contrários e que os diamantes são formados sob pressão. Peter Marshall

A arte de manter o estado de paz!
Isi Golfetto
Sabe aquele momento em que a gente entra em ebulição... literalmente explodimos em virtude da pressão do momento... do calor de um desentendimento? Se a gente pudesse antever as consequências que o desgaste dessa discussão produziria, com certeza, iríamos deixar o assunto para lá ou agiríamos de outra maneira.
Paciência não é aguentar até não poder mais e explodir.
Paciência é a arte de se libertar de cargas emocionais dispensáveis
para manter o estado de paz!
Se você consegue manter seus ânimos serenos diante de situações conflitantes contando até 10... você está de parabéns! Você tem controle diante de situações de pressão e mantem a serenidade.
Mas, para nós, pobres mortais, que não conseguimos manter esse estado perene, na grande maioria das situações, há uma boa notícia - a técnica do Princípio 10/90 de Stephen Covey, autor do best-seller Os Sete Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes. Com essa técnica é possível adquirir o hábito de resistir aos ventos contrários com inteligência emocional e ter autocontrole nos momentos de grande pressão.
Segundo esse princípio apenas 10% dos acontecimentos da vida não dependem da pessoa. Os outros 90% estão relacionados a forma como a pessoa reage ao acontecimento.
O que isto quer dizer?
Que eu não tenho o controle sobre 10% do que me acontece - não posso impedir que chova no dia em que lavo o carro... não posso evitar que o meu voo atrase. Contudo, posso determinar como serão os outros 90% dessa história!
De que maneira?
Com a minha reação aos fatos ocorridos. A minha reação é que vai ditar como será o final desse episódio. Vamos explicar essa técnica utilizando um evento corriqueiro. 
Você está tomando o café da manhã com sua família. Sua filha, ao pegar a xícara, deixa respingar o café tanto no uniforme do colégio como em sua camisa. Você não tem controle sobre esse incidente (10%). O que acontecerá em seguida, sim... será determinado por sua reação ao fato (90%)!
Você se irrita, repreende severamente a menina e ela começa a chorar. Irritado você censura a esposa por ter colocado a xícara muito próxima à beirada da mesa. Diante dessa situação se instaura uma batalha verbal. Alterado e resmungando muito, você vai trocar de camisa e a menina a roupa do colégio. 
Como consequência a sua filha perde o ônibus escolar e chora copiosamente porque tem prova na primeira aula e não pode chegar atrasada.
Sua esposa sai contrariada para o trabalho sem falar com você.
Você já está em cima da hora para a reunião com a diretoria, mas tem que deixar a filha na escola, ampliando o roteiro até a sua empresa. Sendo assim, decide dirigir acima da velocidade permitida e é parado pelo guarda de trânsito. Depois de uns bons 15 minutos de uma discussão improdutiva, tentando justificar o injustificável, você sai de lá levando uma multa. Chegam na escola e sua filha, que ainda está chorando, desce do carro sem se despedir. Finalmente você chega ao estacionamento da empresa. Ao sair do carro percebe que esqueceu, em casa, a pasta que continha os documentos que a diretoria estava aguardando para assinar. 
Seu dia mal começou e parece que não há mais nada que possa piorá-lo. Você só deseja que esse dia acabe. Ao retornar do trabalho, no final do dia, encontra sua esposa e filha de mau humor, em silêncio e frias em relação a você e você ainda terá que resolver essa situação.
Agora, imagine se você tivesse a chance de voltar as horas e refazer essa história aplicando o Princípio 10/90... o seu dia seria assim...
O café respinga em sua camisa e na roupa da sua filha. A menina começa a chorar, mas você, gentilmente, a abraça e diz: Tudo bem, querida, você só precisa ter mais cuidado da próxima vez!
Rapidamente vocês trocam de roupa, você pega a sua pasta, volta para terminar o café com a esposa e filha e a menina consegue pegar o ônibus escolar a tempo. Ao sair para trabalhar a sua esposa lhe dá um beijo e diz que sente muito orgulho de você como marido e como pai. Notou a diferença?
Duas situações iguais (10%), com consequências muito diferentes. Por quê? Os 90% foram determinados por uma reação inteligente e de autocontrole.
Treine a sua mente para olhar o lado bom das situações. Você vai cultivar a paz interior e a harmonia estará ao seu alcance.
Se não criar a vida que você quer... provavelmente será forçado a viver uma vida que você não quer.
Que a serenidade e a harmonia cerquem a nossa vida a cada dia... 10/90... combinados?
Foi um grande prazer estar em sua companhia.
Forte abraço
Isi

2 comentários:

  1. Já estudo a Kabbalah ha algum tempo, e na aula passada, o professor colocou como reagir diante de desafios pessoais, semelhante ao post acima, segundo ele, existe uma fórmula mágica chamada “Fórmula da Proatividade”, diante dos problemas devemos:
    1 – PARAR;
    2 – PENSAR (se perguntar) Quem sou eu? Eu criei o meu mundo / Devo assumir esta responsabilidade? / Porque estas coisas acontecem comigo? E SORRIR / Apreciar aquele momento por mais difícil que seja;
    3 – Esconde-Esconde - Tudo que acontece ao meu redor é o reflexo de mim mesma;
    4 – Pedir AJUDA! Estar disposto a receber;
    5 – AÇÂO / proativamente / Fazer acontecer.
    Acho que faz parte do nosso processo de evolução, esta fórmula pode ser usada em qualquer adversidade, mesmo que demore uma vida toda para apreender! Tudo é possível na Luz.
    Sugiro a todos, lerem um pouquinho dos ensinamentos da Kaballah.
    Beautiful day ;)

    ResponderExcluir
  2. Mamma, thanks for sharing so inspiring lessons =)! Vamos praticar o 10/90 :D

    ResponderExcluir

Agradeço sua visita! Volte sempre!