Que a gente nunca perca a vontade de recomeçar, de dar a volta por cima do mundo e por dentro da gente.

Dando a volta por cima!
Isi Golfetto
A vida é movimento... é recomeço. Tudo tem prazo de validade. Fique atento para não perder o tempo porque o tempo leva o seu tempo junto com as oportunidades. Se esperar pelo tempo certo poderá ficar sem tempo e sem opções... ou você fica onde está... ou vai!
Um brinde aos recomeços que nos permitem
escolher outros caminhos e novos finais.
Perdemos tempo na vida porque ela é repleta de distrações. Cada um de nós poderia relatar pelo menos uma experiência em que se perdeu no tempo, em que perdeu o foco e agora está difícil recomeçar.
Mas, alguma vez fazer nada adiantou? Lamentar funcionou? 
O mundo continua girando e você na mesma página? Vire a página. Escreva um novo capítulo. Visualize novos caminhos, novas oportunidades, novas histórias. Elas estão aí para serem contadas.
Como começar novos capítulos? Como ter forças para virar a página de uma bela história de amor que hoje não existe mais? Como virar a página se você está sem forças? Como dar a volta por cima do mundo e por dentro da si mesmo e recomeçar?
Seria tão bom se houvesse um manual ou instruções passo a passo que se adequasse a cada um e a cada caso. Mas não é assim que funciona. O que existem são alguns princípios que podem nos orientar a dar a volta por dentro da gente e nos encorajar a dar um reset para voltar a nossa configuração inicial.
Aprender com as lições. Olhar para dentro de si mesmo. Você já parou para refletir por que algumas situações se repetem em nossa vida? Ao que parece é a vida nos dando a oportunidade de aprendermos uma lição. Sabemos que todas as escolhas trazem consequências. Boas escolhas... sucesso, felicidade, evolução. Escolhas equivocadas: frustração, sofrimento, angústia. Assimilar as lições vai nos tornar mais prudentes, conscientes, alertas e ainda teremos a oportunidade de demonstrar a vida que a lição foi aprendida.
Mudar a direção. Dar a volta por cima do mundo. Ninguém nessa vida joga com cartas marcadas, portanto um dia podemos ganhar, no outro perder. O passado não volta. É preciso deixar ir. Decisões adiadas em nome do momento ideal podem nos tirar a alegria e o sentido das outras etapas da vida. É preciso entender que o tempo e as oportunidades são relíquias que não podem ser desperdiçadas. Mude o canal. Pare de assistir o programa em que você é sempre a vítima. Mudar é abrir espaço para o novo tomar o seu lugar.
Terminar um ciclo. Recomeçar. Diga a si mesmo que o que passou, passou. Houve uma época em que você podia viver sem aquela pessoa, sem aquele objeto, sem aquele emprego. Nada é insubstituível. Na vida tudo tem o seu tempo. Ciclos se fecham para que outros se abram. Recomece. Reinvente-se. Dê meia volta. Reencontre-se. Não passe a vida perdido naquilo que não te completa. Vire a página. Uma nova página traz consigo um novo capítulo, outros cenários, outros sonhos, outros amores.
Recomeçar é ter coragem de assumir a possibilidade de viver o que se quer viver.
Recomece. Existem tantas histórias interessantes para serem lidas, esperando para serem lindas!
Que você viva lindas histórias!
Um grande e forte abraço
Isi
Outros textos sobre CASAIS. Boa leitura.
Um dia para recomeçar. Renovando a esperança no amor.
Decepção tem remédio? Como reagir diante da decepção.
De que adianta... Princípios para solucionar problemas sob a perspectiva correta.
O silêncio é de ouro, mesmo? Como transformar um silêncio punitivo em silêncio que acalme o coração.
Conto de fadas ou conto de falhas? Como reescrever o seu romance.
Que tristeza... né? Como se reinventar depois de perder um grande amor.
Siga-me.
Bate-papo com Estilo. Inspiração & Motivação - Reposição Diária de Energia.
Equilíbrio Sentimental. Essência Feminina - Espaço Terapêutico da Mulher. 

Um navio está seguro no porto, mas não é para isso que os navios foram feitos... William Shedd

Onde está o seu barco?
Isi Golfetto
Não tenha medo do fracasso, dos riscos, dos obstáculos.  Eles estarão sempre por perto. Mas acredite... não foi para falhar que você foi feito. Isi Golfetto
A maioria de nós possui navios fascinantes, outros possuem barcos impressionantes... ou seja, belas metáforas se as compararmos com os talentos, habilidades, sonhos e objetivos que cada um de nós temos em nossa vida.
Contudo, os resultados que vamos obter dos nossos projetos e ideais dependem da capacidade de acreditarmos em nosso potencial e das nossas ações em direção ao que pretendemos alcançar.
Você já reparou como uma boa parte das pessoas fica apenas 'amarrada ao porto' com seus talentos, sonhos, objetivos... assistindo pacificamente aos 'aventureiros' que deixam o conforto do porto e a estabilidade e segurança do seu espaço e partem em busca de grandes aventuras, lugares exóticos... alguns deles velejando lentamente, outros se distanciando em alta velocidade... enquanto aqueles ficam batendo na esteira e balançando no cais?
O que os impede de partirem para o mar?
Será o medo de enfrentar as tempestades, as grandes ondas? Será o medo de falhar ou de ser avaliado? Será o hábito de concentrar-se mais nas coisas que podem dar errado?
Sem dúvida, para muitas pessoas esses sentimentos as impedem de deixarem a segurança do porto sem se dar conta de que o porto é apenas um lugar para se abastecer. A oportunidade de aprender a confiar em si mesmo, a possibilidade de crescer, de vencer os medos e de superação está exatamente em enfrentar as dificuldades...
Certa vez eu li: Às vezes Deus acalma o mar... outras vezes Ele acalma o marinheiro... mas em determinadas ocasiões você aprende a nadar. Nada mais verdadeiro.
Cada um de nós tem habilidades, tem um propósito, um ideal, um sonho e uma única vida... Ficar no porto amarrado... ancorado... definitivamente não é a finalidade da sua vida, nem da minha. A vida honra os movimentos ousados, com atitudes prudentes e riscos calculados.
Que atitudes ou ações podem inspirar os desbravadores dos mares, os conquistadores de sonhos a avançarem mar adentro em direção as suas metas?
1. O desejo de conquistar. Longe de se imaginar preso ao porto, sem desafios, contentando-se com menos do que poderia ter, o conquistador tem seu desejo impulsionado pelo ânimo, pela motivação e determinação.
2. Persistência. Os ventos podem até mudar a direção, mas não a sua decisão. O conquistador enfrenta os desafios, refaz a sua rota quando precisar, mas jamais abandona seus sonhos. Eles são a sua bússola, eles indicam o caminho a seguir.
3. Autoconfiança. O medo de mudar é uma âncora que impede o ser de navegar pelo mar da vida. Por isso o conquistador tem que confiar em si, em seus sonhos, pensar positivamente. E esse pensar positivo significa estar ciente de que o simples fato de acreditar não garante que irá conseguir o que quer, mas vai desafiá-lo a continuar, a perseguir seu ideal, a encontrar soluções para alcançar seus objetivos.
Onde está o seu barco? 
Você e eu não fomos feitos para ficarmos à beira do cais contemplando os navios e barcos ganharem o mar. Vamos tirar a âncora que nos prende e começar a velejar... não importa se lentamente ou em alta velocidade... o importante é partir... e boa viagem a todos nós! 
Quem sabe nos encontraremos em algum porto para reabastecermos e contarmos as novidades das nossas aventuras!!!
Um grande e forte abraço.
Isi