É a sua reação à adversidade, e não a própria adversidade, que determina como a história da sua vida vai ser escrita.

Aguenta firme!
Isi Golfetto
A adversidade, em tempos de Covid-19, se mostra especialmente cruel - nosso pior inimigo é invisível. Definitivamente, não temos o controle sobre nada... ou temos?
Nem todas as tempestades vem para transtornar a sua vida. Algumas vem
para limpar o caminho... outras para testar a força das suas raízes.
Estamos assistindo, perplexos, a uma catástrofe global sem precedentes protagonizado por um inimigo, cujos atributos permitem que ele esteja, temporariamente, em vantagem - invisível, desconhecido e, de uma letalidade e velocidade espantosas.
Diante desses fatos, há quase 2 meses assistimos a um verdadeiro massacre contra a vida humana em cada canto do mundo.
Acredito que você, como eu, já se perguntou...
Quando tudo isso vai acabar?
Como será que vai acabar?
Onde tudo isso vai nos levar?
O que mais ouvimos, até o momento, nada tem de animador. Em questão de poucos dias esse vírus conseguiu colocar bilhões de pessoas reféns em suas próprias casas, outras milhares presas em leitos de hospitais e, exterminar um número incontável de vítimas.
Por outro lado, a ciência está correndo contra o tempo para desenvolver uma vacina contra o vírus e na produção de um respirador artificial para auxiliar os pacientes com perda de capacidade respiratória.
O isolamento das pessoas infectadas e o distanciamento social são fortes aliados para deter o avanço do vírus.
Todavia, esse cenário traz consigo um efeito colateral tão danoso, veloz e sem precedentes quanto o próprio vírus... uma crise econômica de escala global que vai afetar a vida de todos nós por um longo período.
Como falar que é preciso reagir se estamos diante de um cenário tão catastrófico... com pessoas ainda tão vulneráveis e fragilizadas chorando as suas perdas, perdendo o seu emprego e o sustento da família, contabilizando o prejuízo ou a perda da sua empresa?
Será possível reagir positivamente diante de tanto sofrimento?
Há momentos que precisamos aceitar as condições que a vida nos impõe, seguir mesmo no escuro e tentar encontrar uma luz que vai nos guiar e realinhar novamente a nossa vida.
O que não podemos é deixar que a dor das nossas perdas nos paralise, enquanto homens e mulheres estão na linha de frente dos hospitais, arriscando as próprias vidas para salvar outras vidas.
Não podemos permitir que o desânimo nos detenha, enquanto cientistas estão correndo contra o tempo para encontrar um antídoto para exterminar esse inimigo e criando equipamentos para salvar vidas.
Não podemos aceitar que essa crise nos impeça de olhar para o lado e ajudar, enquanto um grande número de pessoas anônimas, na mesma situação, procuram minimizar o sofrimento alheio, seja preparando uma refeição ou confeccionando máscaras para comunidades inteiras.
Então... aguenta firme! Faça o que puder e como puder para se manter motivado, mudar a sua energia e ser útil para aqueles que estão ao seu alcance.
Desenvolva a sua capacidade de adaptação. A vida não fica mais fácil. Nós é que nos tornamos mais fortes.
Aprenda a aceitar que tempos difíceis fazem parte da vida. Tempos difíceis passam... pessoas fortes passam para a história!
Seja flexível em relação às suas expectativas. A adversidade pode ser uma bênção ou uma maldição. Você escolhe.
Procure enxergar uma oportunidade na adversidade e não um problema insuperável. Nem sempre é possível esperar o mar se acalmar. Comece a sua viagem e deixe a tempestade ser o caminho.
Aprenda a se fortalecer através da adversidade. O fogo testa o ouro. A adversidade... o homem forte!
Exercite a serenidade nos momentos difíceis. Coloque a paz de espírito como o seu maior objetivo e organize a sua vida ao seu redor.
Mantenha o foco nos seus objetivos e aja em direção a eles. Nós só vamos até onde o nosso olhar pode alcançar.
Estamos no começo de uma longa jornada. Precisamos estar fisicamente e emocionalmente preparados para um lento retorno a normalidade. Não há milagre nesse processo.
Mas, uma hora essa pandemia terá o seu final, a economia, aos poucos, vai se recuperar e a nossa vida voltará ao normal.
Enquanto isso não acontece precisamos ter esperança. Vamos reagir positivamente e manter o nosso ânimo em alta, nos ajudar mutuamente, usar a nossa criatividade para sermos úteis e principalmente, sermos uma fonte de inspiração a fim de juntos sairmos todos vitoriosos e mais fortalecidos desse tempo adverso
Que sejamos luz a quem precisa!
Agradeço a sua companhia.
Um grande e forte abraço
Isi
Outros textos sobre ADVERSIDADE & SUPERAÇÃO. Boa leitura.
Por que eu? Por que não? Como converter adversidades em benefícios pessoais.
Faça a sua vida valer a pena. Como superar os obstáculos.
Depois do inverno... a primavera. Como manter o controle na adversidade.
A arte de manter o estado de paz. Exercite a serenidade no meio do caos.
Calma... é aos poucos que a vida vai dando certo. Características de uma pessoa resiliente.
Let your faith be bigger than your fears. Como se fortalecer através da adversidade.
Contornando as adversidades. Como contornar a adversidade
Vamos evoluir? Mude a percepção do problema e supere a situação
Não desista. Reaja! Acalme-se... a tempestade sempre passa.
Te encontro do outro lado das estrelas. Nada nos prepara para a perda.
O final desse jogo a gente conhece. E se... não existe...
Razões para ser grato. Como ser grato quando nada parece fazer sentido.
#cancela2019. Como se reinventar após um duro golpe.
Quem disse que o foco era a pedra? O propósito escondido.
Siga-me.
Bate-papo com Estilo. Inspiração & Motivação - Reposição Diária de Energia.
Equilíbrio Sentimental. Essência Feminina - Espaço Terapêutico da Mulher.