Torna-te aquilo que és. Nietzsche

O que um homem pode ser, ele deve ser.
Isi Golfetto

Quando você estiver consciente das características que impedem a sua autoestima, vai poder criar ações para lidar com elas através das suas características positivas que estarão lá para ser o apoio fundamental de que necessita. 

Vamos descobrir um tesouro naquela casa? 
Mas, não há nenhuma casa!
Então, vamos construí-la. Groucho Marx

Garimpando tesouros

Em dado momento você vai precisar olhar para o próprio interior e descobrir os tesouros e as possibilidades que estão lá dentro.

A autoavaliação é uma reflexão, uma investigação detalhada sobre si mesmo com a proposta de auxiliar você a retirar do caminho velhos hábitos, lapidar algumas atitudes e valorizar as suas competências.

Então, mãos a obra! Hora de iniciar os trabalhos rumo a transformação e a conquista de resultados! 

Teste sua autoestima 

Qual é o seu nível de autoestima? Faça um X na alternativa que leva em conta como você realmente é, e não como você acha que deveria ser,

1. Me sinto muito bem e penso que é bom viver.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
2. Quando enfrento adversidades consigo descobrir benefícios ou aprender algo positivo com a situação.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
3. Tenho por hábito encorajar às pessoas com quem me relaciono.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
4. Mesmo que eu não goste, quando cometo um erro admito sem relutar.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
5. Acredito que a minha felicidade depende dos outros, não de mim. 
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
6. Faço o que acredito que é certo, mesmo que eu seja alvo de críticas.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
7. Quando recebo elogios fico constrangido ou envergonhado
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
8. Quando recebo críticas fico ofendido, magoado ou abatido.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
9. Meu lema é: Se você não tem nada de bom para falar sobre alguém, não fale nada. 
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
10. Costumo reclamar de tudo... do tempo, da família, do chefe, do trabalho, do salário, do governo, da economia...
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
11. Mesmo sabendo que sempre posso melhorar, me sinto bem.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
12. Fico constrangido ou humilhado com certa facilidade.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
13. Sei o que quero da vida, tenho objetivos e metas definidos e persigo cada um deles.  
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
14. É comum eu me sentir desanimado e desmotivado.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
15. Quando alguém é agressivo comigo eu reajo com agressividade.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
16. Embora eu não pare de lutar, me sinto vítima das circunstâncias.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
17. Gosto de desafios e de estar sempre aprendendo coisas novas.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
18. Encaro com confiança os obstáculos pois acredito que posso superá-los.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
19. Respeito as pessoas na mesma proporção em que quero ser respeitado.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
20. Para ser aceito pelas pessoas faço coisas contra a minha vontade.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
21. Tenho dificuldade de me relacionar com as pessoas.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
22. Me preocupo com o que as pessoas pensam a meu respeito.
(   )  Sempre ou quase sempre 
(   )  Frequentemente
(   )  Ocasionalmente
(   )  Nunca ou quase nunca
Pontuação

A pontuação é apenas um indício do seu nível de autoestima. Contudo, é um grande passa para você se conhecer um pouco melhor.

De 50 a 66 pontos. Você tem uma excelente autoestima. Enfrenta as adversidades com confiança, tem uma visão positiva de si mesmo, valoriza suas habilidades, acredita em suas potencialidades e tem todas as chances de sucesso profissional. Continue agindo com humildade, maturidade e valorizando o outro.

De 36 a 49 pontos. Esta pontuação revela uma autoestima média. Em determinados momentos você enfrenta as adversidades e os obstáculos positivamente, em outros tem mais dificuldades, talvez porque não confie plenamente em suas habilidades e  competências ou se sinta inibido diante de certas situações. Procure analisar suas atitudes e concentrar seus esforços em descobrir esses pontos. Desenvolva e acredite mais em suas capacidades e reconheça o seu valor.

Abaixo de 36 pontos. Essa pontuação revela uma baixa autoestima. É provável que você tenha perdido o brilho e o prazer de desfrutar as coisas em virtude de uma percepção negativa de si mesmo e do ambiente que o cerca. Isso influencia diretamente na qualidade das suas escolhas e decisões e, no seu relacionamento com as pessoas. É fundamental que você fortaleça sua autoestima através de contato constante com pessoas positivas e realizadoras. Procure ler livros ou participar de cursos sobre temas relacionados. Se for preciso, considere a possibilidade de fazer terapia para melhorar suas chances de sucesso pessoal e profissional.

*Adaptado do livro 35 Testes para Avaliar Suas Habilidades Profissionais, de Ernesto Artur Berg

Agradeço por participar nessa tarefa. Meu desejo é que você descubra os tesouros escondidos dentro de você e se torne o melhor que pode ser!

Sucesso sempre! 
Um grande e forte abraço 
Isi

Me acompanhe nas Páginas do Facebook 

Bate-papo com Estilo Frases. Mensagens que Inspiram 

Equilibrio Sentimental. Essência Feminina

Ou nós encontramos um caminho ou abrimos um! Hannibal

Impossible is nothing!
Isi Golfetto 

Todos nós temos um enorme potencial. Pessoas que se destacam não possuem um super talento ou habilidades que ninguém mais tem. Elas possuem uma autoconfiança inabalável em suas competências e as usam a seu favor.

Autoconfiança é uma das mais incríveis forças
 do universo. Quando você confia em si 
mesmo, qualquer coisa é possível.

Impossível é tudo aquilo que você nunca começou!

Nem sempre o caminho que você quer ou precisa seguir será fácil. Algumas vezes, nem existirá um caminho. Contudo, não são os obstáculos que impedem você de prosseguir, mas a sua autoconfiança diante deles. 

E foi, exatamente, essa autoconfiança diante dos obstáculos que fez com que um jovem general entrasse para a história como um dos maiores gênios militares de todos os tempos. Ele mostrou ao mundo que o impossível é nada quando você confia em si mesmo, que o intransponível é uma questão de perspectiva e a vitória é apenas uma questão de tempo.

Hannibal, um dos maiores gênios militares de todos os tempos

Hannibal Barca, general e estadista cartaginês, 247aC a 183aC.

Ou nós encontramos um caminho... ou abrimos um! Hannibal

Anibal Barca ou Hannibal foi um jovem general do Império Cartaginês que viveu no III Século AC. Naquela época o mundo era dominado por dois grandes impérios o Império Cartaginês e o Império Romano. Ambos eram inimigos declarados e por décadas travavam duras batalhas no mar Mediterrâneo. As vitórias entre eles se alternavam... ora os Romanos venciam, ora os Cartagineses. 

Na guerra de 218aC, o jovem general foi convocado para enfrentar o exército inimigo. Hannibal expôs perante o rei e seus conselheiros um plano audacioso que tinha por objetivo alcançar o norte da Itália, não através do Mar Mediterrâneo, como era o costume, mas por terra.

Os conselheiros do rei, que eram generais experientes, discordaram de Hannibal e afirmaram que era um plano inviável, que a travessia pelos montes Pirineus era impensável e, que escalar os Alpes no inverno, com um exército e seus animais era impossível.

Hannibal, decidido a executar o seu plano, lembrou aos generais que se eles quisessem obter resultados diferentes, seria vital que a estratégia mudasse. E, foi enfático ao argumentar... se não encontrarmos um caminho que podemos seguir... certamente vamos abrir um!

Essa foi uma das mais audaciosas e incríveis campanhas de Hannibal. Ele marchou com o seu exército, seus animais e seus elefantes através dos Pirineus, escalou os Alpes e atacou os romanos em seu próprio território conduzindo a maior derrota já sofrida por um exército romano. 

Nada impediu Hannibal de alcançar o seu objetivo. Suas habilidades táticas fizeram dele um grande estrategista militar, reverenciado por seus inimigos e admirado pelos historiadores. Entrou para a história como o maior estrategista militar de todos os tempos. Até hoje, a sua história é objeto de muitas pesquisas, documentários, livros e filme.

A vida é uma batalha e os obstáculos fazem parte do caminho. Ter confiança em suas habilidades, forças para lidar com as adversidades, ousadia diante dos imprevistos e persistência são fatores determinantes para se alcançar a vitória.

A maior arma que você tem ao seu dispor é a sua autoconfiança.

Você se considera uma pessoa autoconfiante? Se você acha que nem sempre é e quer elevar a sua autoconfiança, é preciso mudar a sua estratégia para obter resultados eficientes.


A Incrível Força Que Move O Universo 

Reconheça as suas competências. Em que áreas você se destaca? Qual delas precisa melhorar? O que você precisa aprender? O que precisa parar de fazer?

Separar um tempo para fazer uma autoavaliação vai permitir a você se conhecer melhor, entender as suas características e reconhecer a influência que cada uma delas exerce em sua vida.

Identifique as suas paixões. O que você costuma fazer que te dá prazer? Mencione 5 coisas. A única maneira de fazer algo bem feito e que vale cada minuto do seu tempo é a paixão pelo que você faz. Encontre a sua paixão. Torne isso um hábito.

Há algo de fascinante sobre a paixão. A paixão faz com que a beleza transborde através das pessoas. Paixão é o que dá propósito à vida. Paixão é o que faz tudo ter muito mais sentido.

Esteja preparado. O que deixa você inseguro? Em quais situações? Estar preparado torna você mais confiante em qualquer ocasião.

Conversar em eventos sociais. Se você se sente inseguro ao conversar em reuniões sociais, mude o assunto para um tema que você conhece e goste. Isso vai ajudar você a eliminar a ansiedade, o medo de errar, de não saber o que responder. 

Postura. É incrível a quantidade de informações que a linguagem corporal fornece a respeito das pessoas. Se você se sente desconfortável em certas ocasiões, fake until you make it... atue/aja com autoconfiança até que se torne algo natural.

Não dependa de fatores externos. A quem você atribui o resultados das suas conquistas? E dos seus fracassos? O sucesso aumenta a autoestima e a automotivação, enquanto um fracasso produz duas reações... ou deixa você amargurado em virtude dos esforços frustrados ou motivado para tentar outra vez com novas propostas.

A automotivação é algo de dentro para fora, regido por pensamentos positivos que se materializam em ações e comportamentos que fazem as coisas acontecerem. Contudo, nem sempre é possível obter o resultado pretendido, no momento desejado porque as ações dependem de um conjunto de fatores ou de outros envolvidos. Seja qual for o caso, esteja sempre pronto a se adaptar às circunstâncias, acreditar na sua capacidade de agir e criar as possibilidades para alcançar o seu objetivo.

Liberte-se de pessoas e pensamentos tóxicos. Você acha possível alguém ser autoconfiante se está ocupado demais com pensamentos negativos ou rodeado de pessoas tóxicas? Sabia que as pessoas com quem você convive têm grande impacto em sua autoconfiança? 

A falta de confiança em si mesmo se dá em virtude da baixa autoestima, que possui a sua raiz em feedbacks negativos, críticas e desvalorização pessoal. Por outro lado, os feedbacks positivos são responsáveis por uma autoestima saudável.

Quer saber como está a sua autoestima? Observe as 5 pessoas mais próximas a você. Se forem positivas, produtivas e autoconfiantes você será igual. Se forem negativas, agressivas e inseguras, chance há de você ser igual.

A propósito... com que tipo de pessoas você convive?

Ninguém fará nada por você a menos que você faça algo a respeito. Por isso, se valorize. Procure se cercar de pessoas que elevem a sua autoconfiança. Olhe para você com mais carinho. Faça uma autoavaliação e descubra como aumentar a sua autoconfiança.

Comece a confiar em si mesmo. O intransponível será uma questão de perspectiva e a vitória apenas uma questão de tempo.

Agradeço por me acompanhar nessa leitura. 
Um grande abraço 
Isi

Outros textos sobre VIDAS QUE INSPIRAM. Boa leitura.

A arte de ver o invisível. Irena Sendler... uma criadora de possibilidades.

Protagonista ou plateia? Van Gogh e Renoir... dois gênios, duas personalidades, dois destinos.

Quem disse que é impossível. Pasteur... tenacidade, força que conquista o impossível.

Respire fundo e recomece. Paganini... gênio conduzido por sua genialidade.

Reinvente-se... pense diferente. Nobel... competência em se reinventar.

Me acompanhe nas Páginas do Facebook

Bate-papo com Estilo Frases. Mensagens que Inspiram 

Equilibrio Sentimental. Essência Feminina