O amor começa de mansinho... cresce devagarinho... e dura para sempre! Isi Golfetto

Quando o amor acontece
Isi Golfetto

A vida nos oferece a oportunidade de vivermos intensas paixões. Mas o amor, o verdadeiro amor acontece apenas para quem está disposto a vivê-lo, a senti-lo, a querer enfrentar os bons e os maus momentos com o ser amado. A paixão usa máscaras, se esconde atrás do medo e não age. O amor vem de cara limpa e surge dos pequenos gestos. O amor é seguro, sabe o que quer... a paixão é queda livre... salve-se quem puder!

Procuramos no outro o amor que tenha 
a fragrância da verdadeira cumplicidade!

Assim acontece o amor...
quando você olha nos olhos do outro e encontra tudo o que realmente precisava!

Assim acontece o amor... chega de mansinho e nem sempre é reconhecido. O amor gosta de pegar as pessoas de surpresa... sabe que é melhor entrar no coração devagarinho sem a gente esperar... e lá, por toda vida morar.

Assim acontece o amor... como as estações que mudam e só se fazem perceber no decorrer dos dias... como o calor do verão que começa a ser substituído pela brisa do outono e, de repente, estamos em meio a uma ventania.

Assim acontece o amor... não ocupa apenas um espaço na vida do outro, mas ele cria um lugar que ninguém vai poder preencher, nem apagar as suas marcas, as mensagens que ele transmite e as transformações que ele causa.

Assim acontece o amor... muito mais que um evento entre duas pessoas é acreditar em um recomeço, é se entregar sem se preocupar com o que irá receber, é viver a beleza desse amor sem se torturar com as decepções vividas, é querer amar, amar e amar como se o amanhã fosse apenas uma pequena nuvem, mas, que poderá se tornar uma tempestade de sentimentos inesperados que você nunca ousou viver.

Assim acontece o amor... não é tão simples como as mágicas histórias dos contos. É preciso decisão. Talvez esta seja a parte mais sensível que o amor nos reserva - o poder de decidir... de correr o risco de estar com alguém que apenas está esperando uma palavra sua para te fazer a pessoa mais feliz deste mundo.

Mas, exigimos demais do amor! Bloqueamos a sua entrada permitindo que o medo sente no trono do coração para ditar ordens, mostrar impossibilidades e nos fazer acreditar que não vale a pena tentar. 

Assim, para que o verdadeiro amor aconteça há uma necessidade urgente de pararmos de idealizá-lo, planejá-lo e dar a ele a forma como nós o queremos e darmos os primeiros passos em sua direção.

Assim acontece o amor... você não escolhe amar alguém... o amor acontece na troca de um olhar... por gestos simples e delicados... por palavras pronunciadas com ternura... e essas atitudes vão abrindo caminho para esse nobre sentimento entrar...

e de repente, em uma tarde ensolarada esbarramos em alguém, trocamos olhares que se irradiam, embaralhamos sorrisos bobos, seguramos as mãos trêmulas, damos pequenas demonstrações de carinho, trocamos mensagens afetivas, atendemos a uma ligação inesperada e, então... a decisão - aceitar as incertezas que o medo apresenta e perder a possibilidade de permitir o amor acontecer... ou viver esse sentimento de valor incalculável e ter a oportunidade de ser e de fazer alguém feliz.

Assim o amor acontece na vida das  pessoas que se deixam apaixonar e, para quem deixa o amor na sua vida entrar.

Amor verdadeiro não é aquele que queremos sentir... é aquele que sentimos sem querer! 

Grande e especial abraço
Isi

Textos sobre ROMANCE. Click no link e Boa leitura.

Ter ou não ter.  Namorar é enlouquecer com lucidez...

Amor sem explicação.  Um amor que nunca acaba.

A melhor escolha.  Quando a gente acorda para o amor.

Viva um grande amor.  Esse alguém que incendeia a sua alma.

Me acompanhe nas Páginas do Facebook

Bate-papo com Estilo Frases. Mensagens que Inspiram 

Equilibrio Sentimental. Essência Feminina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita! Volte sempre!