Não imponha condições para ser grato. Faça da gratidão o seu estilo de vida. Isi Golfetto

Razões para ser grato... mesmo quando tudo está uma droga!
Isi Golfetto
É fácil ser positivo e grato pelas boas coisas que a vida proporciona. Difícil mesmo é olhar em volta e tentar enxergar o que há para ser grato quando tudo está uma droga.
A vida não é perfeita, mesmo assim escolha ser grato
 pelos momentos perfeitos que a tornam especial.

Você se considera uma pessoa grata? De 0 a 10 que nota você dá à prática dessa virtude em sua vida? Você consegue encontrar razões para ser grato mesmo quando tudo parece desmoronar?
Ter um coração grato é mais fácil quando nossa vida está um mar de almirante e céu de brigadeiro... quando tudo é calmaria e os negócios estão indo de vento em popa... quando recebemos uma promoção na empresa ou realizamos a compra da casa dos sonhos... quando a família está em harmonia ou encontramos o amor da nossa vida e esse amor é correspondido.      
Mas, quando o céu se torna cinza e a tempestade chega, o vendaval começa e as ondas balançam a nossa estabilidade de lá para cá, ficamos com a nítida sensação de um naufrágio iminente.... nos abatemos e damos lugar a sentimentos que nos fragilizam.
Como agradecer quando nada faz sentido?
Como ser grato quando tudo parece desabar?
Tal e qual as ondas do mar e as turbulências, a vida é feita de altos e baixos. Precisamos aprender a aceitar e a lidar com os dois... a ser gratos não apenas quando tudo está bem, mas quando as coisas não estão.
Bons marinheiros são forjados nas tempestades, assim como as dificuldades surgem para nos lapidar.
Quando as coisas estiverem bem agradeça, mas quando estiverem ruins procure saber o que pode aprender com a situação e encontre motivos para ser grato.... procure enxergar o bem no mal, a alegria na tristeza, o ganho na dor.
Nos momentos bons escolha desfrutá-los… nos momentos ruins escolha se fortalecer… e em todos eles escolha ser grato.
Não imponha condições para ter gratidão e ser feliz
É impressionante como as pessoas têm a tendência de esperar para ser grato e ser feliz apenas quando o cenário for perfeito ou as condições forem ideais.
Acreditam que o dia em que adquirirem a casa sempre idealizada, finalmente, vão ser felizes... quando tiverem um emprego bem remunerado ou o negócio prosperando vão ser gratos... o dia em que se casarem com a pessoa dos sonhos serão completamente gratos e felizes.
Não faça parte desse grupo. Não deixe a sua felicidade para depois.
Uma das coisas mais trágicas da natureza humana é que temos a tendência de adiar a vida sonhando com um jardim de rosas mágico no horizonte, ao invés de desfrutar as rosas que estão florescendo em nossas janelas. Dale Carnegie
Como ser grato quando nada parece fazer sentido
Ser grato não significa se convencer de que tudo está bem, quando de fato não está. Ninguém em sã consciência vai agradecer a perda do emprego que é o sustento da família, a perda de alguém querido, ou uma doença. Ser grato não é mascarar os momentos tristes e sem explicação, mas abordar as dificuldades por uma perspectiva diferente.
Ser grato na perda de alguém querido significa agradecer pelos caminhos que um dia se cruzaram, a oportunidade de experimentar juntos momentos maravilhosos que só aquela pessoa pode lhe dar e o privilégio de ter aprendido e crescido através daquele relacionamento.
Por outro lado, colocar o foco e aumentar a importância daquilo que você não tem vai te impedir de valorizar as coisas que você já tem e de apreciar as coisas simples e os momentos perfeitos que tornam a vida mais leve e especial.
Não posso mudar a situação, mas posso mudar como eu me sinto.
Convenhamos, nem todos os dias que o sol brilha, brilhamos juntos. Há dias em que a tristeza bate, estamos mais sensíveis, o nosso humor está em baixa e tudo parece difícil de entender.
Hoje foi um desses dias.
Encontrei uma amiga depois de alguns anos. Conversando ela me contou que está enfrentando um sério problema de saúde.
Comecei a pensar sobre como alguém pode ser grata naquela situação... quais as lições que poderiam ser aprendidas.
Perguntei como ela estava se sentindo e ela disse... quando ajudamos o nosso ponteiro a sair do negativo para o positivo tudo melhora. O fato de saber que estou doente não mudou. Mudou a maneira como me sinto em relação a situação.
Quando optamos por ser gratos e buscar pontos positivos em qualquer que seja a situação que enfrentamos assumimos o controle das nossas emoções ao invés de deixar que ela nos controle.
Ser grato, procurar oportunidades e lições nas adversidades não será uma reação automática. Isso requer prática. É preciso se tornar um hábito. É preciso fazer da gratidão um estilo de vida.

Gratidão, um estilo de vida
A luta acaba quando a gratidão começa.
Já é tradição eu definir uma palavra que vai servir como inspiração durante o ano, tanto para a minha vida pessoal como profissional. O que tenho feito é um belo post com o tema deixando-o bem a vista para eu me inspirar a cada dia. 
Para esse ano escolhi a palavra GRATIDÃO. Ao invés de um post pensei em um projeto mais elaborado. Preparei um recipiente, para semanalmente escrever os motivos de gratidão. Ao final do ano terei registrado pelo menos 52 razões pela quais pude ser grata quando nada parecia fazer sentido. 
Entusiasmada com o meu projeto decidi presentear a alguns familiares com um pote semelhante como uma maneira de incentivar a cada um a ser grato e se beneficiar dos resultados desse novo estilo de vida.
Que tal você fazer parte desse desafio? Vamos juntos?
Sou grata pelo privilégio de ter a sua companhia. 
Um grande e forte abraço
Isi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita! Volte sempre!