Vai tomar consciência ou mais um drink?

Não foi acidente. Apoio esta campanha!
Isi Golfetto
Quando você bebe e dirige, o acidente já começou. Rafael Baltresca
O dia está a minha frente esperando ser o que eu quiser. E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma a este dia. A Einstein
Vidas preciosas se perdem diariamente por causa da imprudência e da impunidade em nosso país.
Você sabia que o governo gasta por volta de R$ 8 bilhões anualmente com as imprudências no trânsito? Hoje o número de vítimas chega a 40 mil e dessas, 40% são em decorrência dessa fórmula assassina: álcool + direção.
As vítimas que vamos apresentar agora são a mãe e a irmã de Rafael Baltresca, mortas em setembro de 2011, vítimas de atropelamento por um carro em alta velocidade em São Paulo. O atropelador, Marcos Alexandre Martins, que segundo testemunhas estava completamente bêbado, recusou-se a fazer o teste do bafômetro. Isto, porque hoje é possível ao motorista bêbado se recusar a fazer o teste do bafômetro e/ou realizar o exame de sangue – que serão provas contundentes contra ele próprio.
O movimento Não Foi Acidente tem como proposta tentar mudar as leis que deixam brechas à impunidade. De acordo com a lei em vigor, a pessoa que bebe, dirige e mata é indiciada por homicídio culposo (sem intenção de matar). E, se o atropelador for réu primário, pode pegar de dois a quatro anos de prisão e ter a habilitação suspensa por um ano. Na prática a condenação até 4 anos pode ser convertida em serviços comunitários, ou seja, NADA ACONTECE A QUEM MATA NO TRÂNSITO NO BRASIL!
O que está sendo proposto neste projeto de lei é que:
- O exame de sangue ou bafômetro não seja mais necessário. Em contrapartida a análise clínica de um médico legista ou de alguém que tenha fé pública possa aferir a embriaguez. Neste caso, o condutor poderia usar o bafômetro a seu favor.
- O crime de trânsito continuaria como homicídio culposo e a pena aumentada caso fosse provada a embriaguez do motorista – de 5 a 9 anos de reclusão.
- Mesmo não havendo homicídio a pena seria aumentada quando provado a embriaguez do condutor do veículo.
O movimento Não Foi Acidente lutará sempre por mais educação no trânsito e campanhas de conscientização. A confiança de leis melhores e um futuro mais digno para cada cidadão de bem em nosso país.
Vote. Ao clicar no link abaixo vai encaminhar você para a página:.
INICIATIVA POPULAR SOBRE CRIMES DE TRÂNSITO QUE ENVOLVAM A EMBRIAGUEZ AO VOLANTE . Leia e assine. Este manifesto será enviado ao Presidente do Congresso Nacional.
ESPALHE A VIDA. DÊ UM BASTA AOS ASSASSINOS DE TRÂNSITO BÊBADOS..
A minha vida é preciosa... a sua vida é precisa... a vida de cada cidadão é preciosa. Não vamos apenas nos indignar diante dos fatos, vamos fazer a nossa parte !
Um grande abraço
Isi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço sua visita! Volte sempre!